Curso de graduação em enfermagem: como é a atuação dos profissionais dessa área?

O curso de graduação em enfermagem vai te capacitar para um cargo de maior complexidade. Quais são competências necessárias para atuar nessa área? Confira!

Está pensando em fazer um curso de graduação em enfermagem? Esta é a aposta ideal para quem quer garantir uma formação que possibilite maior retorno financeiro trabalhando na área de enfermagem. Afinal, é o cargo da área que possui maior responsabilidade, demanda mais conhecimento técnico e também requer habilidades na gestão de pessoas e de processos.

Para ter sucesso nesta carreira, é indispensável desenvolver, ao longo da vida acadêmica, essas competências. É com este conhecimento teórico e prático que você vai conquistar uma boa colocação no mercado e garantir mais estabilidade.

Quer saber mais sobre os principais aspectos acadêmicos do curso e ainda entender como funciona a atuação do enfermeiro no mercado de trabalho? Confira!

Qual a diferença entre o curso técnico e o curso de graduação em enfermagem?

Você tem dúvidas sobre qual é a melhor opção para você dentre o curso curso técnico e o curso de graduação em enfermagem? A principal diferença entre os cursos é o tempo de duração e o nível de capacitação que cada um confere ao aluno. 

O curso de técnico em enfermagem tem duração de 3 a 4 semestres e possui caráter mais específico. O Técnico em Enfermagem é o responsável por auxiliar pacientes de forma mais próxima e direta. Ou seja, realiza os procedimentos necessários em exames laboratoriais e tratamentos, aplica vacinas e medicamentos e também serve cuidados de conforto e saúde aos pacientes. Além disso, suas atividades são sempre supervisionadas pelo Enfermeiro. 

Enquanto isso, o curso de graduação em enfermagem tem duração de 10 semestres e se trata de uma formação superior ampla e completa. Ele capacita e credencia o aluno para atuar em cargos de maior responsabilidade e complexidade na área da enfermagem. Na prática, o enfermeiro gerencia a equipe de enfermagem e atua ao lado do médico em todos os níveis de demandas, inclusive nos casos mais graves e urgentes.

O que se aprende no curso de graduação em enfermagem?

Dentre as responsabilidades que são trabalhadas ao longo do curso de graduação em enfermagem, estão:

  • planejar e direcionar serviços de enfermagem;
  • supervisionar os técnicos e auxiliares de enfermagem;
  • prestar assistência aos médicos em cirurgias e partos;
  • realizar cuidados, tratamentos e procedimentos médicos em pacientes 
  • tomar decisões rápidas, com o máximo de segurança, em situações de emergência.

O curso é composto por disciplinas teóricas relacionadas às ciências biológicas, humanas e sociais. Além disso, oferece perspectivas que objetivam estabelecer o compromisso do futuro profissional com a responsabilidade social e com a saúde integral do ser humano. 

Para que você saia o mais preparado possível para atuar no mercado de trabalho, o curso de graduação em enfermagem também conta com aulas práticas e estágio supervisionado. As instituições costumam oferecer aulas práticas em laboratórios que simulam o ambiente hospitalar e permitem que você tenha um primeiro contato e aprendizado sobre essa dinâmica. 

O estágio supervisionado, por sua vez, deve ocorrer no último semestre da graduação e consiste na prática, de fato, das competências e habilidades desenvolvidas. Geralmente, as instituições de ensino possuem convênio com instituições de saúde que permitem a realização dessa vivência.

Em que o graduado em enfermagem trabalha?

O enfermeiro, dentre os cargos existentes na enfermagem, é aquele que trabalha lado a lado com o médico em instituições de saúde, e em outras áreas:

  • hospitais;
  • clínicas médicas;
  • unidades de pronto atendimento;
  • ambulatórios;
  • assistência domiciliar;
  • resgate;
  • atendendo funcionários, em empresas;
  • atendendo crianças e jovens, em creches e escolas.

De acordo com a Lei que regulamenta as profissões de enfermagem, seu trabalho envolve:

1. Privativamente:

  • consultoria, auditoria e emissão de pareceres relacionados à enfermagem;
  • consulta de enfermagem;
  • prescrição da assistência de enfermagem;
  • cuidados a pacientes graves com risco de vida;
  • cuidados de maior complexidade técnica que exijam conhecimentos de base científica e capacidade de tomar decisões imediatas;

2. Como integrante da equipe de saúde:

  • planejamento, execução e avaliação da programação de saúde e dos planos assistenciais de saúde;
  • prescrição de medicamentos;
  • prevenção e controle sistemático de infecção hospitalar, danos e doenças transmissíveis em geral;
  • assistência de enfermagem à gestante, parturiente e puérpera;
  • acompanhamento do trabalho de parto e execução de parto sem distocia e de parto normal;
  • identificação das distocias obstétricas e tomada de providências até a chegada do médico;
  • realização de episiotomia, episiorrafia e aplicação de anestesia local, quando necessário.

Quanto ganha um graduado em enfermagem?

As profissões da área de enfermagem ainda não possuem um piso salarial unificado nacionalmente. Há um projeto de lei em andamento que trata dessa questão e defende que o mínimo ganho por um bacharel em Enfermagem seja correspondente a 10 salários mínimos. Porém, atualmente, o salário dos enfermeiros é estabelecido em acordos coletivos firmados entre sindicatos e empregadores.

De qualquer maneira, de acordo com um levantamento da Catho, a média salarial de um enfermeiro no Brasil gira em torno de R$2.500,00 a R$3.000,00. Os cargos de gestão em geral podem chegar a R$7.000,00, mas este valor ainda pode aumentar dependendo do cargo.

 

Como visto, fazer o curso de graduação em enfermagem te proporciona oportunidades de estagiar e atuar na área logo no fim da graduação. São grandes as chances de você se formar e, logo de cara, conseguir ser contratado, ou seja, adentrar o mercado de trabalho e garantir mais estabilidade. Além disso, há boas perspectivas de aumento da remuneração.

Você está muito interessado em apostar nessa carreira? Conheça a grade curricular do curso de enfermagem e se prepare para o que te espera na vida acadêmica!

Deixe um comentário

Por favor, seja educado. Nós gostamos disso. Seu e-mail não será publicado e os campos obrigatórios estão marcados com "*"